Taverna do Toderoso Dude #11 – Street Fighter II Victory

7 de julho de 2015

Salve Dudes! Seu amigo Matheus está de volta para colocar a coluna em dia. Hoje falarei sobre o desenho (ou anime, pra você que é chatinho e se importa com esse tipo de coisa) do Street Fighter: Street Fighter 2 Victory! É isso mesmo, podem se preparar, que hoje vai ter hadouken, shoryuken, sonic boom, psycho power… Vai ter a porra toda!! Sem mais rodeios, vamos á coluna, porque hoje vocês são meus convidados de honra… Por isso, juntem-se a mim, e como já dizia o narrador, NÓS VAMOS AO ENCONTRO DO MAIS FORTE!!!

Vega_VM.Bison_Vega_Santuario_do_mestre_ryuZangief_V

Round 1: Uma sinopse rápida:

Ryu vivia com um parente no Japão, até que seu colega de karate e amigo de longa data, ninguém mais que o seeeenhor Ken Masters, cujo pai parece ser mais rico que o Batman e o Homem de Ferro juntos, aparece com a ideia de viajar pelo mundo (ás custas do papai, claro) desafiando vários lutadores de países e estilos diferentes, para que os dois pudessem aperfeiçoar suas próprias habilidades. É claro que o nosso amigo Ryu não ia ficar fora dessa, então ele põe as roupas na trouxa e parte para os Estados Unidos, onde ele e seu amigo levam umas porradas de um certo senhor americano… Daí pra frente, visitam a China, onde conhecem Chun-Li e Fei Long, ao mesmo tempo em que entram em choque com a organização secreta (que de secreta não tem nada) chamada Shadaloo… Continuando, nossos heróis visitam a Índia, Espanha, Tailândia, enquanto continuam enfrentando situações bizarras. Como mini-spoilers, digo que Ken mata um touro (adulto, grande pra cacete, espumando de raiva) golpeando seu chifre (BISSURDO!!), e Ryu acaba sendo mandado para uma prisão…

A história de Street Fighter 2 Victory foge um pouco do “canon” original dos jogos da franquia, mas não deixa de ser boa. Protagonizada, é claro, por Ryu e Ken, e mais tarde também por Chun-Li, a trama teve um ótimo começo. Tudo estava progredindo devagar, com as coisas acontecendo em um ritmo bom, nossos heróis descendo a porrada em um monte de gente, procurando aprender mais para melhorar seus estilos de luta, quando de repente… *KABOOM!* Shadaloo (nome tooooooosco… Shadowlaw teria sido muito mais foda), porrada com personagens principais direto, ” Senhor Ken Masters é meu convidado de honra”, Hadouken… Foi acontecendo tudo rápido demais. Várias coisas levam a crer que o desenho tinha um rumo diferente inicialmente, mas que por algum motivo, tudo teve que ser corrido. Talvez estivessem mesmo planejando deixar Ryu e Ken visitarem vários países, conhecendo os lutadores da franquia no caminho e tudo o mais… Até mesmo a abertura do desenho dava essa ideia, já que apareciam lutadores (como Dee Jay) que nem mesmo foram mencionados. Outro fator que leva a crer que nem tudo correu como esperado foi o número de episódios, que sequer chegou a trinta. Uma pena, realmente…

Round 2: Uma pequena lista de coisas cômicas no desenho:

– Frases de bordão: Nosso amigo Ken Masters, por exemplo, com o seu “Ih, ó o cara aí…” de costume…

– O fato de vários dos personagens principais serem adolescentes, ao mesmo tempo que exibem uma quantidade incrível de habilidade com as artes marciais, além da notável massa muscular. Pra terem ideia,  Chun-Li tem 15 anos,  Ryu e  Ken têm 17 e Vega tem 18…

– Mais uma vez a quantidade absurda de massa muscular de alguns personagens. Guile tem até os músculos das sobrancelhas definidos, e Zangief então… Nem se fala!

– O uso de expressões cômicas na dublagem. Eu sei que era da época, mas ainda assim é extremamente engraçado ver o protagonista de um desenho usando a palavra “Estupendo!”

– A total despreocupação do nosso amigo Ryu no que diz respeito aos pronomes de tratamento. Em uma ocasião, ele encontra um idoso que está “passando mal”, e automaticamente começa a chamá-lo de “Vovô”. O mais engraçado é que ele usa a palavra diversas vezes, e o homem parece não se importar.

– “Eu sou Bison, líder da Shadaloo, uma organização criminosa secreta, etc etc etc”. Amigão, já que tá com a mão na massa, dá pra eles o endereço da base de operações também.

– A fortuna inesgotável do senhor Masters, pai do Ken. Não importa o quanto a porra do herdeiro boa vida dele gaste, nem importa o quanto precise, já que o senhor Masters sempre terá pelo menos o dobro da quantia na carteira o tempo todo…

– Akuma, um personagem famoso da franquia de jogos, que aparece diversas vezes como figurante.

– Os nomes dos episódios, que sempre davam spoilers para o que ia acontecer. O pior é que no fim de cada episódio, apareciam algumas cenas do próximo, junto com alguns comentários, e o nome… Sério, cara?! O nome do episódio é “A Morte do Amigo…”, sendo que no final do anterior, o cara dá a louca, “Foda-se essa merda! Eu sou do caralho, vou meter a porrada em geral sozinho!”, abandonando completamente a tática e a furtividade. Pra saber o que ia acontecer, eu nem precisaria ter visto, depois de saber o nome…

Round 3: PRÊMIOS

Prêmio de Melhor Frase de Bordão vai para… Seeeeennnnnhor Keeen Maasters!!

ken street fighter II V

– Ih, ó o cara aí…

 

Prêmio de Melhor Frase de Comemoração vai para… Ryu!!

6

– ESTUPENDO!!

 

Prêmio Bill Gates da Vida vai para… Senhor Masters, pai do Ken!!

Infelizmente, o senhor Masters não pôde dizer nada, pois está ocupado contando seu dinheiro. Seu filho vai pegar o prêmio por ele, naturalmente…

hqdefault (1)

 

Prêmio “Meu amigo Plank” vai para… M. Bison, cujo único amigo é uma estátua…

image (2)

Sim, o “amigo” dele é aquela águiazinha ali no fundo…

 

Prêmio de Entrada Triunfal Arruinada vai para… Balrog!! A entrada do filme foi arruinada pelo fato de ele ser mais vesgo que Luan Santana e Ed Sheeran juntos…

Balrog_animated_movie

 

Prêmio de Momento Mais Épico vai para… Ryu, com o seu primeiro Hadouken…

Apreciem esse belíssimo momento, amigos Dudes!!

O que nos leva ao próximo prêmio…

 

Prêmio de “Solta logo o especiaaal, filho da puta!!” vai para… Ryu, já que o primeiro Hadouken levou um total de três episódios para ser completado…

Ryu

 

Prêmio de Melhor Figurino vai para… Chun-Li!! Haja indecência (huehuehue)

Chun-LiV

 

Prêmio de Consolação vai para… Fei Long!! Já que apanhou em todas as lutas que entrou…

image (1)

 

Prêmio de Melhor Bigode vai para… É claro que é ele, senhoras e senhores! Uma salva de palmas para o detetive Dubao, pai da Chun Li!! (Nós o apelidamos carinhosamente de “delega bigoda”)

Dubao

 

Prêmio de “Por favor, me dêem um papel, nem que seja de figurante” vai para… Akuma!! Inclusive, o mesmo apareceu seis vezes durante o programa, em países diferentes, e mais uma no filme.

Akuma  image sH0LRdc9LvUCvCLvUftldBSGWmk

 

 

Prêmio do “Whey Batizado” dessa vez vai para… O senhor sobrancelhas musculosas: Guile!!

guile-sfv

 

Então Dudes, é mais uma coluna que chega ao fim. Estamos voltando devagar á Taverna, onde eu sirvo a minha dose de besteiras uma vez por semana… É claro que eu terei que servir mais, pra suprir a necessidade por causa do tempo que fiquei procrastinando, mas… Farei esse sacrifício. Vocês merecem! Peço para que dêem uma olhada nas novas colunas do site, para que os nossos novos colaboradores possam ter as suas calorosas boas-vindas. Fiquem de olho nas promoções no site, e como sempre, naquele belo podcast que sai todas as segundas! Uma boa noite, e viva o Dudepower!!!

Espalhe o Dudecast
The Dudes © 2017