Taverna do Toderoso Dude #10 – Nuzlocke Challenge: O Modo Hard de Pokémon

30 de junho de 2015

Salve Dudes! Seu grande amigo Matheus está de volta, para a noooossa alegria (ou não)… Dando aquela pausa básica na procrastinação, já que a concorrência está aumentando dentro do próprio site, com as colunas novas, e isso faz com que eu tenha que trabalhar para tentar ser o favorito (huehuehue). Enfim, na coluna de hoje, explicarei a onda do chamado “Nuzlocke Challenge”, um desafio que conheci há um bom tempo, mas que como a maioria das coisas que pego pra fazer, deixei para depois. Bom, o depois virou agora, o amanhã está aqui, e a Taverna está de volta e pegando fogo! Peguem suas pokébolas, virem os bonés para trás, e me sigam…

hqdefault

Para começar, o “Nuzlocke Challenge” foi criado por um fã dos jogos de Pokémon, com o objetivo de aumentar a dificuldade. O desafio consiste em um “playthrough” ao qual são adicionadas algumas regras, de escolha do próprio jogador. Normalmente, elas consistem em:

– Capturar apenas o primeiro Pokémon encontrado em cada rota (se você matar, ficou sem);

– Se algum integrante do seu time for nocauteado, ele é considerado morto, e deve ser solto (ou depositado e esquecido no box do computador…);

– É preciso dar um apelido para cada Pokémon que você capturar (essa regra é mais pela zoeira mesmo, e pra dar alguma forma de “personalidade” aos seus monstrinhos);

– Se o jogador for derrotado em batalha (com todos os integrantes de seu time tendo sido nocauteados), o jogo acaba, mesmo que ainda existam Pokémons no computador.

Agora vamos à ideia por trás do desafio, que eu achei extremamente interessante. Todo mundo que já jogou algum jogo da franquia em algum ponto da vida, tem aquele grupo de favoritos. Quando essa galera começa um jogo novo, procura logo os mesmos Pokémons de sempre, seja pelos stats, habilidades, ou até mesmo pela aparência, deixando de treinar uma porrada de bichos diferentes no caminho. A ideia do Nuzlocke é obrigar o jogador a experimentar Pokémons que ele normalmente nem tentaria usar, fazendo com que ele, muitas vezes, dependa daquele monstrinho que antes teria considerado como escroto ou fraco. A regra dos apelidos, como já foi explicado, faz com que o jogador se afeiçoe, mesmo que de forma inconsciente, pelos integrantes do time (especialmente aqueles que se mostrarem mais fortes que o esperado). Considerando que a maioria dos jogos da franquia não oferecem níveis de dificuldade ajustáveis, o desafio garante um modo Hard, limitando o número máximo de monstros capturados e impondo condições mais severas no caso de um “nocaute”.

Agora a explicação para o termo “Nuzlocke”: o primeiríssimo desafiante, que foi o criador do desafio (jogando Pokémon Ruby, e mais tarde Fire Red…), fez também uma história em quadrinhos narrando a sua aventura. Na história, os monstrinhos também falam, e é possível notar os detalhes da já mencionada “personalidade” dos Pokémons nomeados, como por exemplo, o Charmander de nome “Bruce”, que aparece com um capuz de Batman de vez em quando, copiando as falas do personagem nos filmes… O “Nuzlocke” surgiu quando, por causa de um critical hit, o jogador perdeu um integrante importante de seu time. Triste pela perda, o treinador foi consolado pelo seu Nuzleaf (vou colocar uma imagem, para quem não conhece), com os dizeres “Mestre, eu acredito que tudo isso está acontecendo por uma razão…”, enquanto o Pokémon adquiria as feições do personagem John Locke, da série LOST (huehue, isso foi muito cômico na primeira vez que eu li). Enfim, o desafio pegou, a história foi um sucesso, e nos dias de hoje, é possível encontrar várias delas na internet, todas feitas por fãs ávidos por fazer as suas próprias narrativas

lost terry o'quinn 86297-6270859Fr nuzlocke-1

John Locke                          +                      Nuzleaf                                  =                   “Nuzlocke”

Bom, a coluna de hoje vai ficando por aqui, senhoras e senhores. Porém, como um presente de despedida aos interessados, deixarei o link do Desafio Nuzlocke original: Pokémon Hard Mode, além de uma lista de regras para tornar seu próprio desafio ainda mais difícil. Quanto à HQ, ela foi escrita em inglês, e eu desconheço se foi ou não feita alguma tradução…

Regras Extras:

– Cada Centro Pokémon só pode ser visitado um número determinado de vezes;

– Só é permitida a compra de um determinado número de items (de cura e pokébolas) por Mercado;

– Items de cura não podem ser usados (difícil de conciliar essa regra com a primeira sugerida, huehue);

– Só é permitido o uso de duas pokébolas para tentar capturar cada novo pokémon (ou uma);

– Só é permitido o uso de um integrante da equipe em cada área visitada. Por exemplo: Rota 1, só pode usar o Squirtle. Rota 2, só pode usar o Pidgey, Rota 3, só o Squirtle outra vez;

– Não é permitido escapar de batalhas contra Pokémons selvagens, é preciso continuar lutando.

Então, essas foram algumas… Agora, o link: http://www.nuzlocke.com/pokemonhardmode.php?p=1

Mais uma vez, muito obrigado, Dudes. É sempre uma honra poder escrever para vocês, e eu espero que tenham gostado. Peço, por favor, para que dêem uma olhada nas novas colunas do site, que estão excelentes. Continuem de olho naquele belíssimo Podcast de toda segunda, especialmente por causa das promoções. Para você que ainda não ficou sabendo, estaremos sorteando o livro “Wayne de Gotham” em breve. Uma boa sorte, uma boa noite, uma boa semana! Viva o Dudepower!!

 

 

 

Espalhe o Dudecast
The Dudes © 2017