Sala do Rapha #1 – Motivação

6 de abril de 2015

Quando sugeri termos colunas individuais no site, a principal ideia era que o pessoal que nos acompanha pudesse saber um pouco mais e até mesmo participar mais.

Por outro lado, não achei que seria tão difícil aliar uma coluna às coisas que pudesse achar relevantes. Partindo desse ponto, defini que o conteúdo dessa coluna seria exatamente esse: eu! Além das coisas que me cercam.

Não sou ótimo com as palavras, tampouco sei escrever poesias ou frases motivacionais. Porém, procuro lê-las sempre que possível, pois me considero uma pessoa facilmente motivável. Por outro lado, até que ponto a motivação deixa de ser aquele “gás inicial” parecido com as promessas de primeiro de Janeiro que SEMPRE fazemos?

Não acredito que saiba a resposta pra essa pergunta, ao passo que penso que a motivação, como li em algum lugar que não me lembro, “é como o banho, não dura pra sempre, ou seja, recomenda-se diariamente.”

Pensando nisso, lembrei que tive a honra de ter aula com um mestre (o nome “professor” não faz jus) chamado Cláudio Serra, que também é extremamente fã de frases motivacionais e histórias de superação. No entanto, ele tinha o talento com as palavras e com a escrita. Certo dia, anos após formado, lembro de voltar ao colégio que estudei e encontrá-lo por lá. Contei algumas coisas que me aconteciam, problemas que tinha e outras lamentações e ouvi de volta:

“Nós precisamos definir metas na vida. Mas elas precisam de PRAZO para acontecer. Essa conversinha de tentar, tentar e tentar é muito poética, mas pouco sólida. Você precisa de uma estratégia. Uma tática para acelerar as coisas. Problemas? Dificuldades? Ora, todos temos. Ou você os contorna, ou convive com eles ou os resolve. Mas NUNCA os use como escudo ou como justificativa. ‘Molezinha’ é coisa para medíocres. Afaste-se deles. Cresça. E faça acontecer. Agora.”

Essa é a Sala do Rapha! Com portas abertas todas as segundas!

Sugestões e críticas (dessa vez, não ao Rhuan) só mandar e-mail para: raphael@thedudes.com.br

 

Espalhe o Dudecast
  • Ótimo texto, Rafael!

    Acredito que o ponto crucial é saber a diferença entre estar motivado e ser disciplinado.

    Quando você citou:
    Não acredito que saiba a resposta pra essa pergunta, ao passo que penso que a motivação, como li em algum lugar que não me lembro, “é como o banho, não dura pra sempre, ou seja, recomenda-se diariamente.”

    ao meu ver, estava tocando justamente nesse ponto.

    Então, nem sempre podemos depender de motivação, de uma inspiração para realizar nossos planos, e sim de disciplina e foco para atingir esses objetivos.

    Parabéns pelo texto!

The Dudes © 2017