MULTIVERSO DO PEDROCA #6 – HOMEM ARANHA: AZUL

3 de agosto de 2015

Alô galera de caubói, alô galera de peão, Pedroca voltando (atrasado, mas voltei) pra mais uma mítica coluna neste site maravilhouser. E hoje, é dia de falar de uma história que entrou pro HALL DA FAMA de histórias clássicas do homem-aranha: HOMEM-ARANHA: AZUL.

ha_azul_tpb

Vamos seguir para a nossa sempre presente sinopse: “Homem-Aranha: Azul – Gwen Stacy foi o primeiro amor de Peter Parker. Mas, durante boa parte de sua vida, ele se dividiu entre ela e Mary Jane, sua vizinha. Apesar da dor da perda de Gwen e do casamento com MJ, Peter nunca esqueceu aquele romance da adolescência, e nem pretende! Afinal, entre lutas com o Duende Verde, confusões com o Rino e a implicância de seus colegas de turma, Peter Parker, o Homem-Aranha, viveu um grande amor.”

Não tem muito o que se falar sobre essa HQ. Sua história trata de uma maneira muito bonita o relacionamento de Peter Parker e Gwen Stacy, anos após a morte de Gwen nas mãos do duende-verde. Os primeiros quadrinhos já causam um impacto muito grande no leitor, com o Homem-aranha deixando uma rosa no local onde Gwen morreu, a ponte Golden Gate e voltando pra casa, tudo isso em tons de azul pra simbolizar a noite escura e melancólica que Peter está passando.

homem-aranha-azul-jeph-loeb-tim-sale-panini-605001-MLB20249914896_022015-F

A história se segue com Peter no porão de sua casa (onde vale salientar que já está casado com Mary Jane Watson, seu segundo grande amor) narrando para Gwen, com um gravador na mão, como ele se sentia antes e durante seu relacionamento com ela. Esse flashback é mostrado naquele tom colorida das histórias de começo de carreira do HA.

É uma HQ muito, mas muito bonita mesmo, que quem é fã do homem-aranha deve ler e reler de cabo a rabo. Pois mostra como Peter se sente anos depois da morte do seu primeiro grande amor, e que apesar de ter seguido em frente, ele não esqueceu as lembranças dos momentos que eles passaram juntos.

É uma história que definitivamente promove uma reflexão em quem lê, por se tratar de uma história de perda, afinal, todos já perdemos alguém que amamos, e nem os super-heróis estão imunes à esse fato da vida. É uma história de amor e perda, que toca o leitor profundamente, a medida que vamos vendo cada vez mais o que se passa dentro do coração de Peter, mostrando que essa é uma história mais sobre ele que sobre o Homem-Aranha.

Pra você que chegou até aqui, muito obrigado, quaisquer críticas e sugestões é só mandar lá no meu TWITTER. obrigado por lerem e darem essa força, beijos e abraços seus lindos, boas aulas e até o próximo domingo.

 

Espalhe o Dudecast
The Dudes © 2016