Capa

Salve, Dudes! No (laborioso) papo de hoje, Raphael, Andrey, Matheus Dude e Rhuan contam as suas histórias de trabalho! Afinal, um Dude precisa ganhar o dinheiro!

Saiba como evitar situações em que a masculinidade ameaça abandoná-lo, entenda a importância do álcool em gel e, ainda, saiba como subir uma boca de fumo sem causar problema! E JAMAIS tire a camisa na frente de uma foto!

Mande o seu causo para:

dudecast@thedudes.com.br OU contato@thedudes.com.br (tem até formulário no site, deixa de ser preguiçoso)

RECADOS AOS DUDES:

– Página dos Dudes no Facebook

– Sigam o Dudecast no Twitter

– Assinem o feed

– Assinem o feed do iTunes

Link no post – Citado nos e-mails:

– As baratas do Pedro Nina

A OUTRA barata do Pedro Nina

Duração: 1h08m13seg

Tamanho: 47MB

Assine o feed

Assine o feed no iTunes

Créditos: Music by audionautix.com under Creative Commons License 3.0

Music by incompetech.com under Creative Commons License 3.0

 

Espalhe o Dudecast
  • jose teles

    Senhores, parabéns pelo programa!!!

  • Cleiton

    Otimo programa
    Quero montagens do demonio da leitura de emails

  • Kadu Freitas

    Pessoal,

    Achei interessante o post sobre fobias. Na leitura de e-mails do último episódio o Rapha falou que achou tosco o filme da Anabelle. Eu nunca vi o filme mas acredito que a questão do medo relacionado a este filme (assim como “o exorcista” e alguns outros do gênero que ficaram famosos) está na prerrogativa do “baseado em fatos reais” que segue o filme.

    Instigando um pouco de medo(coloquem a musiquinha do exorcista de fundo ao ler essa parte…rs): A Anabelle do filme(vi a capa) é muito diferente da original (a original é uma boneca de pano bem simples e até amigável). O caso original foi investigado não apenas por alguns religiosos mas por um casal de especialistas bem respeitado no ramo (inclusive por alguns líderes religiosos), o casal Warren (se não me engano esse é o nome) por terem desmascarado diversos casos falsos de possessões, etc. No caso original (novamente, não vi o filme)A boneca havia sido adquirida provavelmente em um bazar pela mãe da proprietária e era um item de coleção antigo. Com os “desconfortos”(a boneca costumava aparecer em lugares diferentes dos quais havia sido guardada e algumas pessoas sentiam alguma tonturas e dores de cabeça próximas a ela) que a boneca passava às pessoas ao redor, no início, uma médium foi procurada e aparentemente um espírito de criança se identificou dizendo gostar de brincar com a boneca e por pena e compaixão, a proprietária deu então a aprovação para que o espírito continuasse “por perto, brincando com a boneca”. Os problemas de “desconforto” aumentaram até surgirem feridas nas pessoas que tentavam mexer na boneca e com isso, a proprietária passou a buscar uma forma de “exorcizar” a boneca. Me parece que um padre e um pastor não obtiveram sucesso e o casal warren foi indicado pelo próprio padre pelo sucesso que obtiveram em alguns casos anteriores. (Vale fazer um adendo: após a tentativa de “exorcizar” a boneca, diversos problemas com os veículos no retorno para casa foram observados pelos profissionais) Após comprovar a veracidade do fenômeno (inclusive através de “ataques físicos” sofridos, o casal levou a boneca consigo onde fica guardada em uma “caixa especial” em um museu que o casal mantém com itens deste tipo. Existe de algumas pessoas que se sentiram mal ao visitar o museu e caçoar da boneca, inclusive a morte de um rapaz é atrelado a esse caso (o rapaz visitou o museu com a namorada e caçoou da boneca de forma que o próprio casal Warren o advertiu a não fazê-lo e pediu que se retirasse do museu. No retorno para casa, de motocicleta, no meio de uma curva fechada a motocicleta perdeu o controle e bateu contra uma árvore. A namorada, que apesar de hospitalizada, sobreviveu, disse que pouco antes da batida eles estavam conversando e brincando sobre a boneca).

    E…é isso pessoal… acreditem se quiser…rsrs Espero que vençam o medo!rs

    NOTA.: Gostaria que lembrassem que historicamente falando, bonecas foram criadas como instrumentos em rituais, representando entidades ou pessoas. O uso das mesmas como brinquedos de crianças é relativamente recente à humanidade.

    Abraços a todos!

The Dudes © 2017